graphics card reviews | graphics card comparison |

new journalism agora é outra coisa

Hackers – heróis da revolução dos computadores

Hackers – heróis da revolução dos computadores

Para o download em pdf (12 mega), clique aqui.

A partir daqui foi tudo devidamente copiado do Terra Tecnologia – como estava assinado “redação”, suponho que seja o release da editora.

O livro de Steven Levy conta a história da tecnologia e da internet e de como o computador evoluiu para se tornar essa máquina tão fundamental na vida de todos nós. Considerado pelaPC World como o melhor livro sobre tecnologia dos últimos vinte anos, Os Heróis da Revolução – Como Steve Jobs, Steve Wozniak, Bill Gates, Mark Zuckerberg e outros mudaram para sempre as nossas vidas [N.E.: a versão brasileira saiu com uma capa bizarra, com o Steve Jobs, Bill Gates, não tem nada a ver com o conteúdo do livro. O nome também puxou sardinha pra esses midiáticos, provavelmente numa estratégia bizonha de tentar vender mais] detalha, em 464 páginas, desde a cultura hacker dos anos 50 e 60 até as mídias sociais de hoje, mostrando os personagens principais desta revolução.

Baseado em mais de uma centena de entrevistas pessoais feitas pelo autor entre 1982 e 1983 (a primeira edição foi em 1984), o livro é um relato amplo das motivações, ideias, ocorrências, descobertas, das circunstâncias e relações daqueles que o autor chama de verdadeiros hackers (“artistas brilhantes que foram capazes de enxergar como o computador é uma ferramenta revolucionária”).

O livro fala das ideias e do trabalho de pessoas como Richard Greenblatt e Bill Gosper (fundadores da comunidade hacker), Lee Felsenstein (fundamental para o desenvolvimento do computador pessoal), John Harris (programador, criador de clássicos games do Atari), Richard Stallman (o “último dos verdadeiros hackers”) e dezenas de outros. E se o subtítulo da edição brasileira fala em Steve Wozniak, Jobs (visionário não hacker, diz o livro), Bill Gates e Marck Zuckerberg, é certamente para tornar mais familiar o universo tratado.

Levy aborda todas as gerações de hackers e seus feitos – mas não espere histórias de invasões, roubos e defacements: trata-se da invenção das primeiras máquinas e redes, do seu uso inicial para defesa, o surgimento dos PCs, os games e seu mundo de interatividade e o advento da web 2.0. “O tipo de hacker sobre o qual eu escrevi era motivado pelo desejo de aprender e construir, não roubar e destruir”, disse o autor em artigo publicado na revista Wired em abril de 2010, quando completaram-se 25 anos da publicação do livro e ele revisitou a obra, inclusive conversando novamente com alguns dos entrevistados. O artigo integra esta edição brasileira, reproduzido no Posfácio.

A apresentação dos hackers como os verdadeiros motores criativos, como gênios que se arriscam pelo bem de todos, querendo inovar e melhorar – em contraponto à noção de que são todos criminosos socialmente inábeis com motivos escusos – permeia o livro. “Por trás da inventividade, encontrei algo ainda mais maravilhoso – os verdadeiros hackers, não importa onde ou quando surjam, compartilham um conjunto de valores que se tornou um credo para a era da informação. Tentei codificar aquele código tácito deles em uma série de princípios que chamei de a Ética Hacker. Espero que essas ideias – particularmente a crença hacker de que ‘A Informação Deve Ser Livre’ – possam ajudar as pessoas a olhar para os hackers sob uma luz diferente”, diz Levy

.

O autor
Steven Levy é jornalista, escreve há mais de 30 anos sobre tecnologia, publica artigos nas revistas Wired, Harper’s, Macworld, New Yorker, New York Times Magazine, Premiere e Rolling Stones e foi editor de tecnologia na NewsWeek. Já recebeu diversos prêmios, é graduado pela Temple University e tem mestrado em literatura pela universidade Penn State.

Seu último livro, In The Plex: How Google Thinks, Works, and Shapes Our Lives (Google a Biografia: Como o Google, Pensa, Trabalha e Molda Nossas Vidas na edição brasileira)é um mergulho no universo do Google e no seu funcionamento e foi lançado no ano passado. Nascido em 1951, Levy vive hoje em Nova York com a mulher, a jornalista e autora Teresa Carpenter, e um filho.

Leave a Reply


Warning: require_once(/home/flimultimidia/jornalismodigital.org/wp-content/themes/TheSource/footer.php): failed to open stream: Permission denied in /home/flimultimidia/jornalismodigital.org/wp-includes/template.php on line 688

Fatal error: require_once(): Failed opening required '/home/flimultimidia/jornalismodigital.org/wp-content/themes/TheSource/footer.php' (include_path='.:/usr/local/lib/php:/usr/local/php5/lib/pear') in /home/flimultimidia/jornalismodigital.org/wp-includes/template.php on line 688