Vídeo e áudio aula 01

Fizemos hoje o primeiro teste de gravação em vídeo e áudio da aula de jornalismo online de Eugênio Bucci na USP, no dia 01 de fevereiro de 2010. Abaixo, o vídeo em flash (a qualidade ainda é precária, mas deve melhorar com o decorrer do curso…)

Segue também, abaixo do vídeo, o áudio. Para download, inclusive.

Todo o material é bruto, sem edição.

Abaixo, ainda, a apresentação usada pelo professor, compartilhada no slideshare.

O Jornalismo Além Da TecnologiaSky4energy~ New Free Energy Product~ 100% Commission~ 1st Of Its Kind!

lue=”http://static.slidesharecdn.com/swf/ssplayer2.swf?doc=ojornalismoalemdatecnologia-100201141859-phpapp02&stripped_title=o-jornalismo-alm-da-tecnologia” />

View more presentations from andredeak.
zp8497586rq

Bibliografia do curso

KOVACH, Bill. ROSENSTIEL, Tom. The Elements of Journalism. New York: Three Rivers Press (Crown Publishing Group, Random House), 2007.

LESSIG, Lawrence. Code Version 2.0. New York: Basic Books, 2006.

SAVAZONI, Rodrigo. COHN, Sérgio. Cultura Digital.br. Rio de Janeiro: Editora Azougue: 2009.

BENKLER, Yochai. The Wealth of Networks. New Heaven: Yale University Press, 2006.

GILLMOR, Dan. We, the media: grassroots journalism, by the people, for the people. Cambridge: O’reilly, 2006.

COSTA, Caio Túlio. Ética, Jornalismo e Nova Mídia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009.

BUCCI, Eugênio. “Meu pai, meus irmãos e o tempo”. In: 8 Vezes Fotografia, Companhia das Letras, 2008.

JENKINS, Henry, Cultura da Convergência. São Paulo :Aleph, 2008

SHIRKY, Clay. Here comes everybody. New York: Penguin Books, 2008.

SANTAELLA, Lucia. Linguagens líquidas na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2008.

MURRAY, Janet. “Hamlet no Holodeck – O futuro da narrativa no ciberespaço. São Paulo: Itaú Cultural: Unesp, 2003.

Leitura complementar disponível online:

GILLMOR, Dan. We the Media: Grassroots Journalism By the People, For the People. Sebastopol, CA: O’Reilly, 2004.

Mindy McAdams. Reporters Guide to Multimedia Proficiency.

BRIGS, Mark. Jornalismo 2.0. Como sobreviver e prosperar. Um guia de cultura digital na era da informação. Tradução de Carlos Castilho (Edição brasileira). Editado em português pelo Knight Center for Journalism in the Américas.

GALLO, Julián. El periodismo actual es obsoleto. Mirá!, 2005, acessado em novembro de 2008. <http://www.juliangallo.com.ar/2005/12/el-periodismo-actual-es-obsoleto-2/>

ABRAS, Fernanda, e PENIDO, Pedro. De Gatekeeper a Cartógrafo da Informação: a reconfiguração do papel do jornalista na web. Trabalho apresentado ao GT Jornalismo, do XII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação da Região Sudeste. Acessado em julho de 2009.

Disponível em http://www.intercom.org.br/papers/regionais/sudeste2007/resumos/R0098-1.pdf

CARLIN, John. El momento crucial. El País, 10/05/2009. Acessado em julho de 2009. Disponível aqui.

Curso de Edição para jornalismo multimídia (Andre Deak)

Herramientas Digitales para Periodistas (Knight Center, bastante completo)

Pensadores do Ciberespaço – texto do mestrado ECA-USP para aula de Beth Saad.

Making of Nação Palmares

Making of Crônica de uma Catástrofe Ambiental

Roteiro das aulas – intersemestral ECA 2010

* Aula 1 (01/02/2010, segunda):

Eugênio Bucci

Inovação, tecnologia e ferramentas para o jornalismo. Apresentação de uma visão de jornalismo e alertas contra o fetiche da tecnologia. A importância dos jovens ensinarem os mais velhos: nada tão bom pra isso quanto o jornalismo online.

Responsáveis pela transcrição e edição: Daiane Domingues, Márcia Scapaticio, Marcos Ritel

* Aula 2 (02/02/2010, terça):

André  Deak e Eugênio Bucci

História do Jornalismo Digital no Mundo e as perspectivas da comunicação e da produção de informação.

O estado da arte do jornalismo multimídia (exemplos).

The state of the news media. Cenários e problemas.

(usar também o Elements of Journalism).

Responsáveis pela transcrição e edição: André Coelho, André Lucas

* Aula 3 (03/02/2010, quarta):

André  Deak

A leitura da notícia na Internet

1ª parte – O que é  notícia – Notícia é notícia em qualquer parte.

2ª parte – Especificidades da notícia na internet: multimídia, interativa, interdependente, dinâmica.

3ª parte – A importância dos mecanismos de busca (O tráfego que se dilui) – Mecanismos de Search Engine Optimization.

4ª parte – Montar com os alunos uma página no Google Reader ou no Netvibes.

Explicar o conceito de agregadores de notícias (RSS).

Responsáveis pela transcrição e edição: Bruna Buzzo, Carolina Rossetti, Ricky Hiraoka

* Aula 4 (04/02/2010, quinta):

André  Deak e Marcelo Soares

RAC e Web profunda.

(Reportagem com Auxílio do Computador / CAR Computer Assisted Reporting)

Como buscar o que o Google não alcança?

http://www.ire.org/ (Investigative Reporters and Editors).

Responsáveis pela transcrição e edição: Marina Fumie, Paula Sacchetta, Roberta Azevedo

* Aula 5 (05/02/2010, sexta):

Eugênio Bucci

O sumiço do espaço. A velocidade e a aceleração. O trânsito substitui o ponto fixo. O não-lugar.

Responsáveis pela transcrição e edição: Ana Carolina, Carla Peralva

* Aula 6 (08/02/2010, segunda):

Eugênio Bucci

O tempo do fim do tempo. As mudanças estruturais na temporalidade a partir dos meios de comunicação de massa e dos meios eletrônicos.

O ideal do tempo zero.

Responsáveis pela transcrição e edição: Guilherme Dearo, Ricardo Azarite

* Aula 7 (09/02/2010, terça):

Panorama de ferramentas do jornalismo online.

André  Deak

Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo – Content Management Systems (CMS).
Ferramentas online e/ou gratuitas para edição

Mindy McAdams. Reporters Guide to Multimedia Proficiency.

Mark Briggs, Jornalismo 2.0 (2 horas) РO que voc̻ precisa saber para sobreviver nessa profisṣo. Objetivo: construir uma viṣo panor̢mica dos conhecimentos que um jornalista deve ter para trabalhar em reda̵̤es online, com base no manual produzido pelo jornalista Mark Briggs e traduzido no Brasil pelo jornalista Carlos Castilho.

Os alunos devem ler antes a cartilha, que está disponível na internet no endereço: http://knightcenter.utexas.edu/Jornalismo_20.pdf

Responsáveis pela transcrição e edição: Raphael Florencio, Stephany Guerra, Eliseu Barreira

* Aula 8 (10/02/2010, quarta):

Eugênio Bucci e Sérgio Amadeu da Silveira.

Espaço público e redes interconectadas na construção dos commons.

Benkler.

Yoani Sánchez.

Responsáveis pela transcrição e edição: Anna Carolina, Laury Bueno, Guilherme Bittar

* Aula 9 (11/02/2010, quinta):

Jornalismo 2.0 e NewsGames (making of de reportagens multimídia)

André  Deak e Paulo Fehlauer (Garapa).

Caso: Crônica de uma catástrofe ambiental

O making of de uma reportagem online.

Crowdsourcing journalism – o jornalismo de multidões

O caso Assignment Zero

Newsgames no Brasil e no mundo.

The New York Times, Washington Post, Editora Abril, Nasa e outros.

Responsáveis pela transcrição e edição: Bruna Cristina, Camila de Lira, Daniele Bezerra

* Aula 10 (22/02/2010, segunda):

Rodrigo Savazoni

O trabalho do web producer

A produção do jornalismo na era digital: o roteiro, a pauta, a reportagem e a edição.

Informações básicas sobre a noção de Arquitetura da Informação.

Casos: Agência Brasil (making off das reportagens Nação Palmares e Bon Bagay Haiti), Portal Estadão (Cadernos Link e Paladar).
O processo de produção de uma reportagem multimídia, interativa ou não,   de forma que os estudantes tenham a dimensão da complexidade envolvida na produção desse tipo de conteúdo.

Responsáveis pela transcrição e edição: Stefano Nogueira, Francine Sayuri

* Aula 11 (23/02/2010, terça):

Caio Túlio Costa.

Do UOL ao IG, uma retrospectiva da construção do jornalismo online no Brasil.

Responsáveis pela transcrição e edição: Charles, José Ismar

* Aula 12 (24/02/2010, quarta):

Wagner Barreira.

A invenção do jornalismo de internet, e a experiência dos portais da Editora Abril a partir da década de 90.

Responsáveis pela transcrição e edição: Bruna Borges, Filipe Pacheco e Amanda Demetrio

* Aula 13 (25/02/2010, quinta):

Marco Chiaretti

História do Jornalismo Digital no Brasil e as perspectivas da comunicação e da produção de informação.

Responsáveis pela transcrição e edição: Tainara Machado, Mariane Domingos

* Aula 14 (26/02/2010, sexta):

Debate final em torno do livro Cultura Digital.br.

Avaliação final do curso.

PENSADORES DO CIBERESPAÇO – TEXTOS

Comecei o curso de mestrado na USP, no programa de Ciências da Comunicação, área Interfaces Sociais da Comunicação. Como havia adiantado, este blog vai ser usado, também, para compartilhar os textos e as experiências de lá.

A professora Beth Saad ofereceu uma série de textos para leitura durante a disciplina “A informação eletrônica em questão: pensadores do ciberespaço”.

É um conjunto referencial sobre as mais recentes discussões sobre informação digital. Estão divididos em três eixos, abaixo. Está tudo em .pdf

Bom proveito.

Eixo 1 – O “status filosófico”da sociedade em rede e das TICs

Lee Siegel. Against the Machine: being human at the age of electronic mob. New York: Spiegel & Grau, 2008.
(Neste caso, o texto não está disponível online, mas há um vídeo do Siegel – 1 hora)

Theo Röle. Power, reason, closure: critical perspectives on new media theory.

Stephen Mcelhinney. Exposing the interests: deconding the promise of the global knowledge society.

Vários. New media and the permanent crisis of aura.

Mark Deuze. The media logic of media work. (páginas 22-40)

Mark Deuze. Collaboration, participation and the media.

Jan Fernback. Beyond the diluted community concept: a symbolic interactionist perspective on online social relations.

Eixo 2 РO impacto da converg̻ncia

Stefana Broadbent e Valerie Bauwens. Understanding Convergence. Interactions, jan-fev 2000, p. 23-27.

Ramón Salaverría e José Alberto García Avilés. La convergencia tecnológica en los medios de comunicación: retos para el periodismo. Tripodos, número 23, Barcelona, 2008.

Mark Deuze. Converge culture in the creative industries.

Pablo Boczkowski e José Ferris. Multiple media, convergent processes and divergent products: organizational innovation in digital media production at a european firm.

Mark Deuze. Participation, remediation, bricolage: considering principal components of a digital culture.

Eixo 3 -  Redes sociais, mobilidade, mídia locativa

Fritjof Capra. Uma nova concepção da vida.

Nick Couldry. Actor network theory and media: do they connect and on what terms?

Kathleen Olson. Cyberspace as place and the limits of metaphor.

Stine Gotved. Time and space in cyber social reality.

Kingsley Dennis. Time in the age of complexity.

Raquel Recuero. Memes em weblogs: proposta de taxonomia.

Akshay Java el allii. Why we Twitter: understanding microblogging.

Adrian Mackenzie. Wi-fi and the cultural inversion of infrastructure.

Extras

Pablo B. Books to think with

Vários. Mobile technology

CURSO DE EDIÇÃO PARA JORNALISMO MULTIMÍDIA

Durante o mês de novembro apresentei no Comunique-se um curso sobre edição para jornalismo multimídia, a convite do xará André Rosa (vulgo Marmota). Antes de mim, os alunos tiveram palestras com gente bacana: Ana Brambilla, sobre jornalismo colaborativo, o Interney (digo, o Edney), sobre SEO, o próprio Marmota, sobre edição de site, além de outras figuras.

O curso termina na próxima quarta-feira (26), mas resolvi publicar já tudo o que estou mostrando por lá, inclusive pra ter chance de modificar algo. Esses links todos já foram compartilhados com a classe via google.docs e já têm alguma colaboração dos alunos. Este post está aberto às suas colaborações também – basta indicar nos comments.

Essa coleção de links é também uma atualização do curso que dei em Belo Horizonte para os Diários Associados. Costumo usar pouco o powerpoint em aulas e apresentações, mostrando muito mais a rede, navegando nos sites ao vivo. Bem, aí está. Sugiro enfaticamente que você tire um tempo para navegar neles, caso já não conheça todos. Bom proveito.

DIA 1.
Esses links são sobre a evolução da narrativa online e a nova estética, especialmente no uso das fotografias, quando o vídeo era pesado demais, e no uso dos vídeos, mais fechados, closes do rosto, já que a tela era muito pequena 240 x 320, também porque tela grande era pesada demais. Costumo separar dois casos, um brasileiro e um estrangeiro, para mostrar essa estética que a internet trouxe. Começo sempre mostrando isso, principalmente, porque acho legal.

Bon Bagay Haiti (Agência Brasil, depois de MediaStorm)
Air Sick (Toronto Star)

Mas o que é, afinal, uma reportagem multimídia (termo que está ficando tão desgastado quanto globalização e sustentabilidade)?

Um pouco de teoria:
– Conceito de multimídia (Janet Murray, Ted Nelson, Raquel Longhi, Bia Ribas)
– Interatividade e infografias simples e complexas (Alberto Cairo, Tattiana Teixeira)
– Exemplos de soma x fusão de mídias (Lucia Santaella)

Exemplos da narrativa jornalística no cyberespaço no site www.interactivenarratives.org, mantido pelo editor do The New York Times, Andrew De Vigal e mantido pela Online News Association (ONA).

A publicidade também traz novidades em relação a narrativas multilineares, interativas. Normalmente, inclusive, é o setor que primeiro explora essas possibilidades (talvez junto com as artes, mas nesse caso, com menos recursos), que só depois se sedimentam para outros campos. Abaixo, alguns exemplos:

http://www.extreme-studio2cine.fr/
http://www.volvocars.com/intl/campaigns/Misc/VolvoOceanRace/Pages/Rush.aspx
http://www.ikea.com/ms/en_US/rooms_ideas/tcb/index.html

http://moodstream.gettyimages.com

Jornalismo de banco de dados / mashups
http://www.agenciabrasil.gov.br/mapas/2007/08/08/a-estrutura-do-pan/view

Exemplo hours concours: Hans Rosling e o Trendalyzer

SAIBA MAIS:
http://www.smackerel.net/index.html
(History of Interactive Media)

DIA 2.
Roteiros Multimídia
Como a interatividade e o hibridismo das mídias podem ser utilizados para contar uma história

Nação Palmares

History of Stuff

Jornalismo video-game  e Newsgames / Newsgaming

O jogo da imigração do NYT

http://www.persuasivegames.com/games/game.aspx?game=nyt_immigration

http://www.bogost.com/blog/points_of_entry.shtml

Superinteressante e a Ciência contra o Crime:
http://super.abril.com.br/jogos/crime/index.shtml

Video Game Revolution
http://www.pbs.org/kcts/videogamerevolution/history/index.html

– interatividade na TV aberta
Caso TV Cultura – o uso combinado de web 2.0, interatividade e um programa de TV com sinal aberto
http://www.radarcultura.com.br/node/26023
http://www.radarcultura.com.br/rodaviva/

Caso Current TV – o Twitter mixado com as imagens da TV
http://www.andredeak.com.br/2008/10/08/hack-the-debate-na-current-tv/

Dia 3.
Programas e sites úteis para edição multimídia

Para ler:
TEXTO / BLOGS (em pdf)
Conquiste a Rede – Blogs
Conquiste a Rede РJornalismo cidaḍo

Para instalar:
Firefox
Br.Office

Blog:
wordpress

Redação colaborativa:
http://www.wikidot.com/

Twitter e as possibilidades para o jornalismo
Compartilhamento de documento no Google.docs
Assinatura de RSS

Ferramenta colaborativa para criação de projetos:
http://www.mindmeister.com/

FOTO
Flickr
Photobucket
http://www.sxc.hu [fotos royalties free para uso não comercial]
http://www.picnik.com/ [editor de fotos online]
http://www.reduzfoto.com.br/[redutor de fotos online, mas apenas de tamanho]

– Para reduzir o peso de uma foto: Picasa picasa.google.com.br/

– idéias de mashups diversos em software livre [programa que busca fotos no flickr a partir de cores determinadas pelo usuário]: http://labs.ideeinc.com/multicolr

Photoshop online, gratuito: https://www.photoshop.com/express/landing.html

Panoramas for dummies like me
http://www.andredeak.com.br/2008/10/09/panoramas-for-dummies/

http://www.andredeak.com.br/2007/09/22/panoramas/

Programa para costurar as fotos: http://hugin.sourceforge.net/

Dia 4 e 5.
VIDEOS E AUDIOS
O que há de mais avançado em busca e indexação?
http://www.videosurf.com/
www.TED.com

Para ler:
Flogs e Vlogs (pdf)
Formatos: entenda o que é mp3, mp4, .flv, .wmv, .3gp, etc.
http://wnews.uol.com.br/site/noticias/materia_especial.php?id_secao=17&id_conteudo=545
http://pt.wikipedia.org/wiki/Arquivos_de_v%C3%ADdeo

Instalar para edição de áudio: Audacity
download em http://audacity.sourceforge.net/
lame.dll em http://lame.sourceforge.net

Músicas royalties free:
http://www.jamendo.com/en/

podcast online:
http://podomatic.com/

Como fazer um podcast?
http://radio.about.com/od/podcastin1/a/aa030805a.htm
Podcast (para ler, em .pdf)
http://pcworld.uol.com.br/dicas/2008/04/09/o-que-e-como-criar-editar-hospedar-e-publicar-um-podcast/

VIDEO
Edição de vídeo online
http://www.jumpcut.com/

streaming (via celular, inclusive):
http://www.ustream.tv/
coveritlive
http://qik.com/

CONVERSORES & UTILIDADES
http://www.andredeak.com.br/2008/04/23/ferramentas-multimidia-online/

Transferência de arquivos:
http://www.filefactory.com
http://www.rapidshare.com/

Redução de endereços da web (especialmente útil para o Twitter):
http://tinyurl.com/

Imprimir qualquer coisa em pdf
http://baixaki.ig.com.br/download/PrimoPDF.htm

Conversores de formatos:
Super (converte tudo para tudo)
Jodix (tudo para mp4)
Switch Sound File Converter (áudios)
youtube downloader (tirar vídeos do YouTube em .flv)
Não testado: http://sproutbuilder.com/(flash builder)

Proxies:
http://proxy.org/cgi_proxies.shtml

TAREFAS PARA AULAS
Cadastro e uso de diversos recursos da web 2.0

– Montar um blog em WordPress
– Montar um banco de fotos no Flickr
– Trabalhar com o Twitter durante as aulas
– Montar uma página de agregador de RSS (NetVibes ou Google Reader)
– Realizar um vídeo com aparelho móvel ou web cam
– Fazer um download do YouTube, editar e republicar (Cultura do Remix)

E aí? Alguém indica mais alguns links úteis?