Fundamentos do jornalismo online: curso da pós-graduação na Unimep

Nos meses de abril e maio de 2011 estou com a disciplina Fundamentos do jornalismo online na Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), parte do curso da pós-gradua

ção em jornalismo multimídia (cinco aulas, 20 horas no total).

Dividimos a sala em 5 grupos, que ficaram responsáveis por aprender, praticar e desenvolver um produto e um breve manual sobre cinco temas, escolhidos por eles: vídeos online, podcasts, mapas, fotografias e redes sociais.

Abaixo, publico alguns links de coisas que estamos vendo nas aulas, a ementa e a bibliografia do curso. O resultado do trabalho dos alunos será publicado assim que estiver revisado.

Ementa: A partir de discussões que evidenciem as particularidades da multimídia, aplicadas ao Jornalismo Digital, a disciplina busca analisar as transformações tecnológicas dos meios de comunicação e o papel da hipermídia na construção de narrativas não-lineares baseadas em hiperlinks de áudio, vídeo, texto e animação.

Datas: 2/4 , 9/4, 30/4, 7/5 e 14/5

Aula 1

Da Contracultura à Cibercultura
O princípio da Web – como tudo começou
Internet e Web são coisas diferentes (a discussão sobre o fim da Web)
Web is dead. Long Live the internet

How stuff works:
Internet versus Web

Mais: http://computer.howstuffworks.com/internet/basics/internet-versus-world-wide-web.htm

Como a Web funciona?
Domínios: Registro.br
Whois – como saber de quem é um site? Aqui tem o endereço e o telefone dos responsáveis.

Controle e Anonimato na rede
O governo pode desligar a Web?

Mapa dos Backbones brasileiros: http://www.rnp.br/backbone/

Juiz manda desligar YouTube no Brasil

Na China.

O governo pode te achar? Todo mundo pode te achar?

Vanish: Evan Ratliff desaparece na Wired
Podcast
reportagem

Repórteres Sem Fronteiras: Handbook for cyber dissidents
(ou, como publicar de maneira anônima)
http://en.rsf.org/spip.php?page=article&id_article=33844

Artigo do professor Sergio Amadeu
Redes cibernéticas e tecnologias do anonimato

Electronic Frontier Foundation
http://www.eff.org/issues/bloggers

Por fim: Lei Azeredo pode ter revival?

Aula 2
Ferramentas para produção de jornalismo online
Guia de Proficiência do Repórter Multimídia, por Mindy McAdams

RGMP – Reporters Guide to Multimedia Proficiency book

Os mini-manuais serão produzidos segundo o modelo do livro de Mindy McAdams, acima. Também poderá ajudar o Manual de Laboratório de Jornalismo na Internet, feito na UFBA pelo Marcos Palacios e Beatriz Ribas, do Gjol.

Em seguida, algumas referências que poderão auxiliar os grupos. Ainda aumentarei a quantidade de links e sugestões de sites, mas já é possível começar os trabalhos por aí.

Fotografia

Ag̻ncia Brasil Рfotos licenciadas em Creative Commons, inclusive para uso comercial

Stock X Change – banco de imagens profissional a partir de U$ 1 dólar

Flickr Рop̤̣o de busca por fotos licenciadas em Creative Commons

MorgueFile – fotos liberadas inclusive para uso comercial

Vídeos

UStream

Livestream

VideoSurf: Mecanismo de busca que lê imagens e entende as falas dentro dos vídeos

Para entender mais: Guia do Vídeo Online

Podcasts

Digg CC Mixter Рm̼sicas liberadas em Creative Commons

Jamendo Рm̼sicas com download gratuito

Bird Song Рsite israelense de m̼sica livre

Mapas

Umapper: ferramenta bem simples para construir mapas

Google maps: o mais usado sistema para criar informações em mapas. Aqui tem um manual de uso
mapa mancha de óleo

Ativação e Gestão de Redes Sociais

Atualmente, o jornalismo online também se faz e/ou se propaga a partir da conversa com seu público. Entender e usar bem as redes sociais é fundamental. Cerca de 30% do acesso de grandes sites de notícias já vem de Twitter ou Facebook. Aprenda a usar para os devidos fins.

Abaixo, um manual interessante de uso destas redes, que pode ter conteúdos interessantes para quem se interessa em ativação das redes.

Tactical Technology Collective
(guias para transformar informação em ação: destaque para mapas e redes sociais)
http://www.tacticaltech.org/

EM CONSTRUÇÃO: o post será atualizado conforme as aulas evoluem. Ao final, o conteúdo das aulas estará disponível aqui.

Se você tiver alguma dica útil de ferramentas ou sites interessantes, por favor deixe um comentário.

Programa do curso de especialização de Jornalismo Multimídia, da pós-graduação da PUC-SP

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP
Coordenadoria Geral De Especializa̤̣o, Aperfei̤oamento E Extenṣo РCOGEAE

Programa de pós-graduação Lato-sensu em Comunicação Jornalística

Coordenação Geral: Prof. José Arbex Júnior

Curso de Especialização: JORNALISMO MULTIMÍDIA

Professores: Andre Deak e Rodrigo Savazoni

  • Ano/Semestre: 2010/1
    • Dias:

    Maio: 05, 12, 19 e 26Junho: 02, 09, 16 e 23
      Horário: 8h00 às 12h00.
      1. Objetivos gerais e específicos

    A disciplina tem como objetivo fornecer elementos teóricos e analíticos para compreendermos as mudanças proporcionadas pela utilização das Novas Tecnologias da Comunicação (NTC); processo este que instaura diferentes modos de codificação, recodificação e ampliação de repertórios cognitivos do ser humano. Ao perceber as mutações ocorridas na linguagem digital teremos condições de refletir criticamente sobre possíveis inferências relativas ao atual processo de digitalização geral do mundo.

    2. Justificativa

    Após a década de 1950 o mundo começou a passar por grandes transformações sociais e políticas, relacionadas, em grande parte, ao desenvolvimento das chamadas tecnologias da informação e da comunicação (TIC’s). Ao admitir que a produção interativa comporta-se na dialética entre atualização e virtualização, podemos examinar os específicos modos como o receptor é cativado a atualizar a linguagem digital. Em aproximações com as disciplinas do Jornalismo e da Editoração, re-estabelecer um estatuto, re-definir e atualizar nomenclaturas para o uso da imagem informativa e de todas produções digitais.

    3. Metodologia

    Aulas expositivas e discussão de textos e vídeos previamente distribuídos.

    1. Cronograma e Conteúdo programático:

    Aula 1 – 05 de maio

    Apresentação do curso e definição das regras gerais de seu desenvolvimento.

    O conceito de Cultura Digital e Cibercultura: Introdução ao curso e aos conceitos fundamentais do ambiente digital.


    Aula 2 – 12 de maio

    Ciberespa̤o e o fim do Ciberespa̤o: debate baseado em duas entrevistas Рuma de William Gibson, autor de Neuromancer, e outra de Lev Manovich.


    Aula 3 – 19 de maio

    Propriedade e generosidade Intelectual: (Good Copy Bad Copy) e texto sobre a disputa em curso hoje no Brasil – a Reforma da LDA (Lessig)


    Aula 4 – 26 de maio

    Os Commons: Texto do Benkler e outro de Sérgio Amadeu online


    Aula 5 – 02 de junho

    O Remix: Exibir Remix Manifesto e exemplos multimídia


    Aula 6 – 09 de junho

    Colaboração e Participação: novas relações de convívio e produção no ambiente virtual (selecionar textos) – explorar o exemplo do CulturaDigital.BR

    Aula 7 – 16 de junho

    O jornalismo e o fim do jornalismo

    Aula 8 – 23 de junho

    Aula de encerramento: palestra com o Professor Sérgio Amadeu da Silveira.

    Bibliografia geral e complementar:KOVACH, Bill. ROSENSTIEL, Tom. The Elements of Journalism. New York: Three Rivers Press (Crown Publishing Group, Random House), 2007.

    LESSIG, Lawrence. Code Version 2.0. New York: Basic Books, 2006.

    SAVAZONI, Rodrigo. COHN, Sérgio. Cultura Digital.br. Rio de Janeiro: Editora Azougue: 2009.

    BENKLER, Yochai. The Wealth of Networks. New Heaven: Yale University Press, 2006.

    GILLMOR, Dan. We, the media: grassroots journalism, by the people, for the people. Cambridge: O’reilly, 2006.

    COSTA, Caio Túlio. Ética, Jornalismo e Nova Mídia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009.

    BUCCI, Eugênio. “Meu pai, meus irmãos e o tempo”. In: 8 Vezes Fotografia, Companhia das Letras, 2008.

    JENKINS, Henry, Cultura da Convergência. São Paulo :Aleph, 2008

    SHIRKY, Clay. Here comes everybody. New York: Penguin Books, 2008.

    SANTAELLA, Lucia. Linguagens líquidas na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2008.

    MURRAY, Janet. “Hamlet no Holodeck –  O futuro da narrativa no ciberespaço. São Paulo: Itaú Cultural: Unesp, 2003.

    Leitura complementar disponível online:

    GILLMOR, Dan. We the Media: Grassroots Journalism By the People, For the People. Sebastopol, CA: O’Reilly, 2004.

    Mindy McAdams. Reporters Guide to Multimedia Proficiency.

    BRIGS, Mark. Jornalismo 2.0. Como sobreviver e prosperar. Um guia de cultura digital na era da informação. Tradução de Carlos Castilho (Edição brasileira). Editado em português pelo Knight Center for Journalism in the Américas.

    GALLO, Julián. El periodismo actual es obsoleto. Mirá!, 2005, acessado em novembro de 2008. <http://www.juliangallo.com.ar/2005/12/el-periodismo-actual-es-obsoleto-2/>

    ABRAS, Fernanda, e PENIDO, Pedro. De Gatekeeper a Cartógrafo da Informação: a reconfiguração do papel do jornalista na web. Trabalho apresentado ao GT Jornalismo, do XII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação da Região Sudeste. Acessado em julho de 2009.

    Disponível em http://www.intercom.org.br/papers/regionais/sudeste2007/resumos/R0098-1.pdf

    CARLIN, John. El momento crucial. El País, 10/05/2009. Acessado em julho de 2009. Disponível aqui.

    Curso de Edição para jornalismo multimídia (Andre Deak)

    Herramientas Digitales para Periodistas (Knight Center, bastante completo)

    Pensadores do Ciberespaço – texto do mestrado ECA-USP para aula de Beth Saad.

    Making of Nação Palmares

    Making of Crônica de uma Catástrofe Ambiental

    CURSO JORNALISMO ONLINE – USP 2010 – intersemestral abril

    Segunda-feira (dia 1) começa o curso de Jornalismo Online 2010 da turma de graduação da USP. O professor será o jornalista Eugênio Bucci, e eu farei a monitoria da turma. Isso inclui organizar as aulas para que estejam online o quanto antes. E já está de pé o blog www.jornalismodigital.org , que é onde o material será organizado.

    O curso terá 15 aulas, que deverão ser gravadas e colocadas online. A ideia é também produzir textos a partir destas aulas, que depois poderão virar uma espécie de manual básico para jornalismo online. Nós (professores e alunos) tentaremos deixar tudo editado e online logo após o término das aulas, que ocorrem durante fevereiro.

    Pela programação, dá pra ter uma ideia do que será o curso. Algumas coisas devem se modificar no decorrer do mês, mas no geral é isso aí.

    Sugestões, dúvidas, mandem pra mim, ou comentem este post. Notícias sobre o desenrolar das aulas eu mando pelo twitter: @andredeak

    4bs

    CURSO DE EDIÇÃO PARA JORNALISMO MULTIMÍDIA

    Durante o mês de novembro apresentei no Comunique-se um curso sobre edição para jornalismo multimídia, a convite do xará André Rosa (vulgo Marmota). Antes de mim, os alunos tiveram palestras com gente bacana: Ana Brambilla, sobre jornalismo colaborativo, o Interney (digo, o Edney), sobre SEO, o próprio Marmota, sobre edição de site, além de outras figuras.

    O curso termina na próxima quarta-feira (26), mas resolvi publicar já tudo o que estou mostrando por lá, inclusive pra ter chance de modificar algo. Esses links todos já foram compartilhados com a classe via google.docs e já têm alguma colaboração dos alunos. Este post está aberto às suas colaborações também – basta indicar nos comments.

    Essa coleção de links é também uma atualização do curso que dei em Belo Horizonte para os Diários Associados. Costumo usar pouco o powerpoint em aulas e apresentações, mostrando muito mais a rede, navegando nos sites ao vivo. Bem, aí está. Sugiro enfaticamente que você tire um tempo para navegar neles, caso já não conheça todos. Bom proveito.

    DIA 1.
    Esses links são sobre a evolução da narrativa online e a nova estética, especialmente no uso das fotografias, quando o vídeo era pesado demais, e no uso dos vídeos, mais fechados, closes do rosto, já que a tela era muito pequena 240 x 320, também porque tela grande era pesada demais. Costumo separar dois casos, um brasileiro e um estrangeiro, para mostrar essa estética que a internet trouxe. Começo sempre mostrando isso, principalmente, porque acho legal.

    Bon Bagay Haiti (Agência Brasil, depois de MediaStorm)
    Air Sick (Toronto Star)

    Mas o que é, afinal, uma reportagem multimídia (termo que está ficando tão desgastado quanto globalização e sustentabilidade)?

    Um pouco de teoria:
    – Conceito de multimídia (Janet Murray, Ted Nelson, Raquel Longhi, Bia Ribas)
    – Interatividade e infografias simples e complexas (Alberto Cairo, Tattiana Teixeira)
    – Exemplos de soma x fusão de mídias (Lucia Santaella)

    Exemplos da narrativa jornalística no cyberespaço no site www.interactivenarratives.org, mantido pelo editor do The New York Times, Andrew De Vigal e mantido pela Online News Association (ONA).

    A publicidade também traz novidades em relação a narrativas multilineares, interativas. Normalmente, inclusive, é o setor que primeiro explora essas possibilidades (talvez junto com as artes, mas nesse caso, com menos recursos), que só depois se sedimentam para outros campos. Abaixo, alguns exemplos:

    http://www.extreme-studio2cine.fr/
    http://www.volvocars.com/intl/campaigns/Misc/VolvoOceanRace/Pages/Rush.aspx
    http://www.ikea.com/ms/en_US/rooms_ideas/tcb/index.html

    http://moodstream.gettyimages.com

    Jornalismo de banco de dados / mashups
    http://www.agenciabrasil.gov.br/mapas/2007/08/08/a-estrutura-do-pan/view

    Exemplo hours concours: Hans Rosling e o Trendalyzer

    SAIBA MAIS:
    http://www.smackerel.net/index.html
    (History of Interactive Media)

    DIA 2.
    Roteiros Multimídia
    Como a interatividade e o hibridismo das mídias podem ser utilizados para contar uma história

    Nação Palmares

    History of Stuff

    Jornalismo video-game  e Newsgames / Newsgaming

    O jogo da imigração do NYT

    http://www.persuasivegames.com/games/game.aspx?game=nyt_immigration

    http://www.bogost.com/blog/points_of_entry.shtml

    Superinteressante e a Ciência contra o Crime:
    http://super.abril.com.br/jogos/crime/index.shtml

    Video Game Revolution
    http://www.pbs.org/kcts/videogamerevolution/history/index.html

    – interatividade na TV aberta
    Caso TV Cultura – o uso combinado de web 2.0, interatividade e um programa de TV com sinal aberto
    http://www.radarcultura.com.br/node/26023
    http://www.radarcultura.com.br/rodaviva/

    Caso Current TV – o Twitter mixado com as imagens da TV
    http://www.andredeak.com.br/2008/10/08/hack-the-debate-na-current-tv/

    Dia 3.
    Programas e sites úteis para edição multimídia

    Para ler:
    TEXTO / BLOGS (em pdf)
    Conquiste a Rede – Blogs
    Conquiste a Rede РJornalismo cidaḍo

    Para instalar:
    Firefox
    Br.Office

    Blog:
    wordpress

    Redação colaborativa:
    http://www.wikidot.com/

    Twitter e as possibilidades para o jornalismo
    Compartilhamento de documento no Google.docs
    Assinatura de RSS

    Ferramenta colaborativa para criação de projetos:
    http://www.mindmeister.com/

    FOTO
    Flickr
    Photobucket
    http://www.sxc.hu [fotos royalties free para uso não comercial]
    http://www.picnik.com/ [editor de fotos online]
    http://www.reduzfoto.com.br/[redutor de fotos online, mas apenas de tamanho]

    – Para reduzir o peso de uma foto: Picasa picasa.google.com.br/

    – idéias de mashups diversos em software livre [programa que busca fotos no flickr a partir de cores determinadas pelo usuário]: http://labs.ideeinc.com/multicolr

    Photoshop online, gratuito: https://www.photoshop.com/express/landing.html

    Panoramas for dummies like me
    http://www.andredeak.com.br/2008/10/09/panoramas-for-dummies/

    http://www.andredeak.com.br/2007/09/22/panoramas/

    Programa para costurar as fotos: http://hugin.sourceforge.net/

    Dia 4 e 5.
    VIDEOS E AUDIOS
    O que há de mais avançado em busca e indexação?
    http://www.videosurf.com/
    www.TED.com

    Para ler:
    Flogs e Vlogs (pdf)
    Formatos: entenda o que é mp3, mp4, .flv, .wmv, .3gp, etc.
    http://wnews.uol.com.br/site/noticias/materia_especial.php?id_secao=17&id_conteudo=545
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Arquivos_de_v%C3%ADdeo

    Instalar para edição de áudio: Audacity
    download em http://audacity.sourceforge.net/
    lame.dll em http://lame.sourceforge.net

    Músicas royalties free:
    http://www.jamendo.com/en/

    podcast online:
    http://podomatic.com/

    Como fazer um podcast?
    http://radio.about.com/od/podcastin1/a/aa030805a.htm
    Podcast (para ler, em .pdf)
    http://pcworld.uol.com.br/dicas/2008/04/09/o-que-e-como-criar-editar-hospedar-e-publicar-um-podcast/

    VIDEO
    Edição de vídeo online
    http://www.jumpcut.com/

    streaming (via celular, inclusive):
    http://www.ustream.tv/
    coveritlive
    http://qik.com/

    CONVERSORES & UTILIDADES
    http://www.andredeak.com.br/2008/04/23/ferramentas-multimidia-online/

    Transferência de arquivos:
    http://www.filefactory.com
    http://www.rapidshare.com/

    Redução de endereços da web (especialmente útil para o Twitter):
    http://tinyurl.com/

    Imprimir qualquer coisa em pdf
    http://baixaki.ig.com.br/download/PrimoPDF.htm

    Conversores de formatos:
    Super (converte tudo para tudo)
    Jodix (tudo para mp4)
    Switch Sound File Converter (áudios)
    youtube downloader (tirar vídeos do YouTube em .flv)
    Não testado: http://sproutbuilder.com/(flash builder)

    Proxies:
    http://proxy.org/cgi_proxies.shtml

    TAREFAS PARA AULAS
    Cadastro e uso de diversos recursos da web 2.0

    – Montar um blog em WordPress
    – Montar um banco de fotos no Flickr
    – Trabalhar com o Twitter durante as aulas
    – Montar uma página de agregador de RSS (NetVibes ou Google Reader)
    – Realizar um vídeo com aparelho móvel ou web cam
    – Fazer um download do YouTube, editar e republicar (Cultura do Remix)

    E aí? Alguém indica mais alguns links úteis?